sábado, 8 de setembro de 2012

RELATOS DE UMA SESSÃO V

É chegado o grande dia pra escrava O dia do encontro com seu dono Ela acorda cedo e vai arrumar suas coisas Para ir encontrar se com dono Vai ao salão arruma cabelo Unhas pintadas de vermelho como ordenado Chegando em casa se arruma Com um vestido micro bem justo, Cinta liga, Salto 15 cm, Sem calcinha E vai de encontro ao dono No caminho ate o encontro, Ela vai pensando em tudo o que ele disse Como ele a domina, De forma serena calma Mas bem intensa Nos pensamentos ela se perde Chegando ao aeroporto La esta o dono a esperando Com a coleira na mão E algo em outra que ela não consegue identificar Chegando perto dele ele a beija de forma voraz Bem intensa A puxa pelos cabelos de forma a deixar seu pescoço a mostra Pega então a coleira e coloca no pescoço dela Pergunta como foi a viagem minha cadela Que bom que esta aqui pois hoje irá me servir de forma intensa E ela apenas sorri Já que o combinado era de ela não falar nada Até ser dada a voz de comando Com as iniciais dele Continuando ele pega uma maleta e ordena Que ela vá ao banheiro e coloque o plug no anus E estimuladores no bico dos seios, Ambos de controles sem fio Quando ela vem vindo novamente Ela sente o os estimuladores e plug sendo ligados E sente uma sensação gostosa Misto de prazer e desejo O dono a conduz ate o carro Aonde entrando dentro dele Ele pega uma venda e algemas Venda a sub e algema as mãos dela Junto ao banco do carro Daí ele permite que ela fale alguma coisa Ela diz: estou muito feliz em estar aqui te servindo SENHOR Sei que não posso dizer muita coisa Pois o senhor não permitiria Vim aqui apenas para lhe servir Como sua escrava Ele manda ela ficar em silencio e saem em direção a uma chácara Que ele havia alugado No caminho ele vai dizendo coisas Brincando com o estimuladores e plugs Sempre aumentando e diminuindo a intensidade Fazendo torturas e terrorismos psicológicos Ela no seu silencio só imaginando o que estava por vir ou aconteceria Pois estava totalmente indefesa O dominador usando seu sadismo Ia dizendo palavras e frases do tipo: Hoje você ira sofrer em minhas mãos cadela Serás usada e abusada por mim como nunca fora antes Te colocarei em seu devido lugar Como escrava e servas que és Te humilharei muito Pro meu bel prazer Neste momento ele para o caro E começa a dar tapas na cara da escrava Tira as algemas

Um comentário:

Apenas eu... disse...

Amada nem sabe como fiquei feliz com sua presença em meu blog,as vezes acho que ninguém vai lá,ele já não é como antes quando eu falava de mim,pessoas más vão lá e me aborrecem sabe,até chantagem ja fizeram..pena né,ali era meu diário que pena...mesmo assim continuo ali,afinal eu tenho ele tantos anos que já faz parte de mim... recomece o seu minha linda,mude ele para dar mais vontade em vc...comece de novo,mude a página,as vezes é preciso,,beijos no seu coração...